• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Mundo

12.10.2014 | 23:05

 Compartilhe:

O "IFBA"de Cabo Verde

Cabo Verde é um conjunto de dez ilhas e oito ilhéus na costa ocidental da África

Francisco Nery Júnior, da República de Cabo Verde para a Folha Sertaneja

divulgação
Ilhas da República de Cabo Verde

Ilhas da República de Cabo Verde

 Cabo Verde é um conjunto de dez ilhas e oito ilhéus na costa ocidental da África. Fica apenas a três horas de voo de Fortaleza e quatro de Lisboa. Foi, até 1975, uma colônia dos portugueses. A população é miscigenada. Dos quase um milhão e meio de habitantes, cerca de um milhão trabalham no exterior, provendo mão-de-obra para a Europa e Estados Unidos. A remessa de divisas, junto com o turismo, é a principal fonte de renda para o país.

Do Google
Ilha do Fogo - Cabo Verde/África

Ilha do Fogo - Cabo Verde/África

Cabo Verde lembra a Salvador dos anos sessenta. Os prédios baixos e a população pacata e ordeira, os vendedores ambulantes, são marca registrada.

A visita à Escola Técnica da Cidade da Praia, a capital, revela uma escola que procura conservar os valores da boa interrelação. A meritocracia - um tanto ou quanto fora de moda no nosso país, é considerada no "ifba" deles.

divulgação
Professor Nery na Escola Técnica em Cabo Verde

Professor Nery na Escola Técnica em Cabo Verde

 Os alunos se esforçam para estudar, assimilar os conhecimentos trabalhados e ir para o quadro de honra do instituto. Os alunos mais bem classificados são aqueles que mais se habilitam para os programas de assistência; em outras palavras, programas de assistência financiados com o dinheiro do contribuinte contemplam os alunos que mais se esforçam. Em Cabo Verde, eles parecem não se esquecer da recomendação bíblica: "Esforça-te".

divulgação
Professor Nery na Escola Técnica em Cabo Verde

Professor Nery na Escola Técnica em Cabo Verde

Interessante que o diretor da escola - ainda indicado, e não selecionado em processo de eleição - não é professor de carreira, e sim um administrador. Como bom administrador, procura se assessorar com o que tem de melhor na escola.

As carências são muitas (eles ainda não têm condições de dar a ênfase que o nosso governo tem dado ao ensino técnico), mas vale a pena verificar como procuram fazer o melhor e tirar o melhor proveito com o orçamento que têm. Podemos dizer que ainda se respira o clima acadêmico na Escola Técnica da Cidade da Praia, como, aliás, se respira nas escolas técnicas de Paulo Afonso.

Francisco Nery Júnior

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.