• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Opinião

17.07.2017 | 16:37

 Compartilhe:

Sobre ser professor

E pra você, o que é ser professor?...

Francisco Nery Júnior

Sobre ser professor

imagem ilustrativa
sobre ser professor...

sobre ser professor...

 Todos temos um bem na vida. Ter sido professor pode ser um deles. É como, se não estamos a destoar, um bem para uma cidade. Em Paulo Afonso, por uma cidade, temos tido a Vitran. Até onde posso enxergar como cidadão comum, um bem nosso, pioneira como nós, que evidentemente deve estar sujeita às regras e às leis.

Desta forma, podemos considerar ter sido professor um bem. Ou existe bem maior que ser um condutor de almas? Conduzir o raciocínio em meio a toda a parafernália das notas que não significam necessariamente avaliar. Conduzir para o uso da razão que leva ao conhecimento libertador, como conduzia os jovens para a escola grega o pedagogo da família.

imagem ilustrativa
sobre ser professor...

sobre ser professor...

O que levaria, entretanto, alguém nada menos que Assis Chateaubriand declarar que adorava ser professor e odiava dar aula? Estamos falando do fundador dos Diários Associados - que existem até hoje. Chateaubriand fundou a empresa e a defendia com unhas e dentes, algo mais ou menos assim como lido no Chatô, o rei do Brasi: "A minha vida é estar diariamente na porta dos Diários Associados a defender a organização dos inimigos." Usou a sua imprensa para o bem e para o mal. Teve, em vida, uma legião de admiradores.

imagem ilustrativa
sobre ser professor...

sobre ser professor...

 Se ser professor implica dar aulas, conduzir, como o paradoxo de não se sentir à vontade para ministrá-las? Como não se envolver no processo tão dissecado por um Paulo Freire, que subia aos limites máximos teóricos do processo educativo? O velho jornalista certamente não necessitava nenhum título, ele que era poderoso e conseguia quase tudo que queria porque tinha nas mãos a potente arma da pena e da opinião que eram os seus meios de comunicação.

Distúrbios no processo? Descaso e desprezo além da razão por parte da sociedade que, cega pelos interesses imediatos da concupiscência, do sangue e da carne, não se envolve com os mestres na nobre e supina tarefa de libertação?

imagem ilustrativa
sobre ser professor...

sobre ser professor...

imagem ilustrativa
sobre ser professor...

sobre ser professor...

 Teria Chateaubriand ojeriza pelo sistema burocrático da educação, necessário ou não, como diria Caetano Veloso? Não receberia ele apoio e suporte da elite diretiva para quem a sala de aula, verdadeiro laboratório formador, seria apenas um incômodo a mais? Não percebem, donos do processo que controlam, que a condução do professor em sala de aula é quase todo trabalho da educação?

Em face do exposto, para evitar delonga - e para meditação do leitor -, do Barão de Itararé: "A teoria na prática não funciona."
Francisco Nery Júnior

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.