• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Opinião

14.08.2017 | 15:27

 Compartilhe:

Paulo Afonso não é uma das 15 cidades piores para se viver na Bahia

Eu quero continuar vivendo por aqui...

Antônio Galdino

Paulo Afonso não é uma das 15 cidades piores para se viver na Bahia

O site HISPANOAMERICA HOY lista as 15 cidades da Bahia piores para se viver e entre elas, todas de médio e grande porte, como Itabuna, Porto Seguro, Juazeiro, Feira de Santana, está Paulo Afonso, como publica o site www.bobcharles.com.br.

Foto:João Tavares
Paulo Afonso - BA

Paulo Afonso - BA

Foto:João Tavares
Ilha de Paulo Afonso

Ilha de Paulo Afonso

 Os dados apresentados pelo site HISPANOAMERICA HOY como justificativa da sua informação são o IDH de 0,674 que, segundo este site, “ocupa a 23º posição no ranking do IDH estadual”, além de afirmar que “Um dos maiores problemas enfrentados pelo município é a taxa de mortalidade infantil, cujo índice é cerca de 15% maior do que a média nacional.”

Outro dado que, para o site, coloca o município de Paulo Afonso entre os 15 piores para se viver é “A taxa de analfabetismo em pessoas maiores de 15 anos também está acima da média nacional, pois enquanto em Paulo Afonso ela representa uma taxa de cerca de 15%, no restante do país ela é de 9%.”

O site HISPANOAMERICA HOY também fala que “Atualmente a usina hidrelétrica que foi construída na cidade tem sido um dos principais atrativos turísticos e fonte de renda para a população.”
Toda a visão crítica merece uma cuidadosa análise sobre os dados apresentados, além de outros fatores como os interesses que estão por trás de publicações como esta.

Foto:João Tavares
Paulo Afonso-BA.

Paulo Afonso-BA.

 É mesmo preciso que se veja cada item e mais que apenas ter um olhar analítico sobre eles buscar os motivos porque eles estão ali e ainda muito mais, cabe aos gestores convocar seus técnicos e saber deles o razão deles e que soluções estão sendo buscadas para cada um dos problemas apresentados.

Embora a visão fria dos números, das estatísticas, até assuste, não é o caso de se demonizar a crítica e os críticos e até as análises possivelmente fundamentadas em dados reais e atuais. Mas também não é o caso de se aceitar secamente o que se diz, sem ampliar o raio de visão para outros cenários.
Só se tem coisa ruim por aqui?

Foto: Antonio Galdino
Lago do Touro e Sucuri

Lago do Touro e Sucuri

Tenho conhecimento que um governador da Paraíba ao receber diariamente em sua mesa todos os jornais do dia, deixava de lado aqueles que sempre lhes eram favoráveis e se atinha a ler, cuidadosamente, o que trazia os jornais de oposição. E buscava solucionar os problemas apresentadas por estes e sempre ignorados pelos jornais que o apoiavam. Tem-se que este governador fez o melhor governo daquele estado.

 Os dados que se referem ao IDH e à taxa de analfabetismo de certo deverão preocupar a gestão do município, assim como muitos outros não identificados como os problemas da falta de opções de emprego, das carências da saúde e do crescente aumento da população que se concentra em bairros periféricos.

Foto: Arq. Folha Sertaneja
Usinas Paulo Afonso 1,2,4 e Apolônio Sales

Usinas Paulo Afonso 1,2,4 e Apolônio Sales

Sobre os atrativos turísticos, embora pouco difundidos, eles não se resumem à existência de uma usina hidrelétrica, como diz o texto do site. Paulo Afonso tem a maior concentração de usinas hidrelétricas em uma só região, cinco grandes usinas, capazes de gerar mais de 4 mil megawatts de energia e todas em um espaço de 4 quilômetros de raio. O complexo energético se consolida com a existência de mais duas grandes usinas, num raio de 80 quilômetros com capacidade de gerar outros 4 mil megawatts.

Foto: Antonio Galdino
canion do rio São Francisco - Paulo Afonso-BA

canion do rio São Francisco - Paulo Afonso-BA

E há ainda o imenso e belíssimo canion do rio São Francisco, os grandes e pequenos lagos, a Serra do Umbuzeiro, o Raso da Catarina, a Casa de Maria Bonita e os roteiros do cangaço.

E há na cidade quatro grandes universidades, presenciais e muitas outras à distância. Embora tenha problemas, - e quem não os tem nos dias conturbados de hoje? – esta afirmativa de que Paulo Afonso é uma das 15 cidades da Bahia piores para se viver, entre os 417 municípios baianos, não parece ser a opinião da maioria dos seus quase 120 mil moradores.

Foto: Mário Roberto
Bairro Tancredo Neves

Bairro Tancredo Neves

 Vamos todos cuidar para melhorar as condições de vida nesta cidade que nos acolheu, aos filhos paridos aqui ou por ela adotados.

Vamos então procurar consertar o que se precisa consertar porque, eu cheguei por aqui ainda nos idos de 1954. Toda a minha vida foi por estas terras sertanejas que me adotou como seu filho em 07 de Abril de 1993.

Foto: Arq. Folha Sertaneja
Raso da Catarina

Raso da Catarina

Quero continuar contribuindo para melhorar essa condição de vida, de cultura, de dias melhores para esta minha cidade e, quando chegar a minha hora de partir, pois “num dia a gente chega, no outro vai embora”, como diz a canção do Almir Sater, já tenho meu cantinho reservado no cemitério Padre Mário Lourenço Tori.

Foto:João Tavares
Serra do Umbuzeiro - Paulo Afonso-BA

Serra do Umbuzeiro - Paulo Afonso-BA

 

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.