• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Opinião

01.10.2017 | 20:07

 Compartilhe:

RIO SÃO FRANCISCO, UM RIO QUE MORRE...

Em LAPA, em PAULO AFONSO, na FOZ...o Velho Chico tá morrendo

Antônio Galdino

divulgação
Rio São Francisco

Rio São Francisco

 RIO SÃO FRANCISCO, UM RIO QUE MORRE...

Em LAPA, em PAULO AFONSO, na FOZ...o Velho Chico tá morrendo

É triste, muito triste, falar da morte de quem se ama. Mesmo que esse nosso amor seja um rio que ao longo dos séculos de sua história nos deu tudo. Permitiu a navegação unindo regiões do Brasil a ponto de ser chamado de “rio da integração nacional” e “rio da unidade nacional”.

Foto:João Tavares
Usinas da Chesf em Paulo Afonso-BA

Usinas da Chesf em Paulo Afonso-BA

Rio São Francisco, que aniversaria nestes dias, dia 04 de Outubro e que tem permitido a riqueza do Nordeste com a irrigação de grandes áreas de suas terras, com a produção da energia limpa, a hidroelétrica que fez com o Nordeste tivesse duas histórias: a de ANTES e de DEPOIS da Chesf.

E o governo federal quer vender a Chesf a preço de banana – e não deve ser vendida por fortuna nenhuma – e, vendendo a Chesf, vende também o rio que oferece a água para mover suas grandes usinas hidrelétricas.

Rio que fez nascer o turismo, trazendo mais riquezas para a região.

Foto: Admilson Gomes
Catamarães no Lago do Xingó, rio São Francisco - Canindé/SE

Catamarães no Lago do Xingó, rio São Francisco - Canindé/SE

Site Notícias da Lapa
Ponte do rio São Francisco em Bom Jesus da Lapa

Ponte do rio São Francisco em Bom Jesus da Lapa

 Um site de Bom Jesus da Lapa chamado NOTÍCIAS DA LAPA trouxe uma reportagem no dia 27 de Setembro, que continua doendo na alma – São Francisco, o rio que morre, que estamos reproduzindo na íntegra na edição de Setembro do nosso pequeno jornal Folha Sertaneja, pra continuar gritando contra esta morte. A morte de um rio que só fez o bem para todo mundo e que vive abandonado à sua própria sorte, sem mata ciliar que os poderosos destruíram e com as águas poucas, assustando a milhões de ribeirinhos que dele dependeram por muitas gerações.
Em Bom Jesus da Lapa, as cenas são de doer. Em Paulo Afonso, a belíssima cachoeira que atraiu até o Imperador D. Pedro II, está seca. Na foz, o mar invadiu o rio por quilômetros e o povo já não tem mais água doce pra beber...

Arq. Folha Sertaneja
A Cachoeira de Paulo Afonso já foi assim,(Foto de Março de 2007)

A Cachoeira de Paulo Afonso já foi assim,(Foto de Março de 2007)

Paulo Bento
Professor Galdino filmando a Cachoeira de Paulo Afonso

Professor Galdino filmando a Cachoeira de Paulo Afonso

 Tenho escrito, gritado, sobre isso há um bom tempo. Pena que a nossa voz é pequena e não vai muito longe. É estranho, muito estranho que os grandes veículos de comunicação, os grandes jornais do "sul maravilha", as grandes redes de TV, estejam tão caladas sobre isso há tantos anos. E porque os jornais do porte dos do Recife, Fortaleza, Salvador e outras capitais nordestinas também falam tão pouco.

NÓS PRECISAMOS GRITAR CONTRA TUDO ISSO, CONTRA A VENDA DESSE PATRIMÔNIO E DE TANTOS OUTROS, CONTRA A MORTE DO RIO SÃO FRANCISCO!!!

Foto: Antonio Galdino
Capa da Monografia ADESG sobre a Transposição do rio São Francisco

Capa da Monografia ADESG sobre a Transposição do rio São Francisco

 Há dezenas de anos que os estudiosos falam que a transposição sem a revitalização do rio é a morte anunciada. Enquanto grandes empreiteiras levaram mais de 16 bilhões na transposição, naturalmente cobrindo os caixas de campanhas de um bando de ladrões que se dizem representantes do povo no Congresso Nacional e em outros lugares, falou-se esse ano que havia uma verba para o segundo semestre deste ano destinada à revitalização, no valor - pasmem... de 17 milhões (milhões) de reais.... Se lembrarmos que só no apartamento de Geddel foram encontrados 51 milhões... vê-se o tamanho do descaso.

Foto: Antonio Galdino
Cachoeira de Paulo Afonso em 26 de Agosto de 2017

Cachoeira de Paulo Afonso em 26 de Agosto de 2017

Nesta edição do jornal Folha Sertaneja do mês de Setembro, mesmo sem conseguir patrocínio para cobrir os custos, estou reproduzindo esta matéria, pelo menos como mais um motivo pra gente chorar junto. (Antônio Galdino da Silva - diretor do jornal Folha Sertaneja - Paulo Afonso-BA)
PS: Esse grito é também da Academia de Letras de Paulo Afonso de que assumi a presidência nesses dias para o biênio 2017/2019.(Prof. Galdino)

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.