• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Local

05.10.2017 | 01:39

 Compartilhe:

José Vitorino Diniz faleceu aos 93 anos. Mais um pioneiro da Chesf que nos deixa

Um dos primeiros Koringueiros da Chesf

Antônio Galdino

José Vitorino Diniz faleceu aos 93 anos. Mais um pioneiro da Chesf que nos deixa

Álbum da família
José Vitorino Diniz, faleceu aos 93 anos

José Vitorino Diniz, faleceu aos 93 anos

 Dia de São Francisco de Assis, que dá nome ao rio que, nos primeiros anos de 1954 deu um grande trabalho aos pioneiros chesfianos para fechar o seu braço principal para a construção das ensecadeiras e a barragem Delmiro Gouveia.

Um dos pioneiros chesfianos que estavam à frente dessa missão difícil era o coringueiro, o motorista ou operador das enormes Koerings, chamadas pelos cassacos de coringa, era o corajoso José Vitorino Diniz, que chegou à empresa logo no começo das obras vindo de Pesqueira-PE onde trabalha na Fábrica Peixe.

Foto: Antonio Galdino
Sentado, José Vitorino. Em pé, da esq: Luiz Fernando Motta, Antônio Diniz e Mozart Bandeira

Sentado, José Vitorino. Em pé, da esq: Luiz Fernando Motta, Antônio Diniz e Mozart Bandeira

Poucos se aventuraram a operar as enormes Koerings por que elas eram dirigidas com o motorista de costas e até recentemente, em conversa comigo, “seu” José Vitorino dizia todo orgulhoso que foi ele quem colocou a primeira carga de pedras, conduzindo um Koering no leito do rio São Francisco, para lhe quebrar as forças.

José Vitorino, viúvo há muitos anos de D. Corina, o casal, pais de Diniz, da Rádio Cultura, Cláudio, Geraldo, Lucídio, Diva e Francisco. Francisco, o mais novo deles, morreu ainda jovem de uma queda de bicicleta.

Seu Jose Vitorino, nordestino forte, já havia completado 93 anos, no mês de Setembro, há poucos dias.

Foto: Antonio Galdino
Pioneiros e atuais chesfinos em frente da Usina PA I. José Vitorino, de branco, à frente, entre Mozart Bandeira e Luiz Fernando Motta

Pioneiros e atuais chesfinos em frente da Usina PA I. José Vitorino, de branco, à frente, entre Mozart Bandeira e Luiz Fernando Motta

 No início de Fevereiro de 2015, quando a Chesf comemorou os 60 anos da inauguração da sua primeira Usina de Paulo Afonso (que aconteceu em 15/01/1955), lá estava, na Praça dos Pioneiros, bem em frente desta primeira usina, o Sr. José Vitorino Diniz, acompanhado do filho Antônio Diniz e ao lado de outros pioneiros como Tuzé, Manoel Izídio, Hermes Benzota e outros e contando as histórias de pioneiros, sendo ouvido atentamente pelo ex-diretor e também pioneiro Luiz Fernando Motta Nascimento, pelo então diretor da Chesf, Mozart Bandeira, pelo então Gerente de Operação Flávio Mota e por todos que lhe devotavam o maior respeito.

O seu legado e exemplo de trabalho dedicado e honesto e na vida familiar está imortalizado na construção de uma família honrada.

O corpo do Sr. José Vitorino Diniz está sendo velado no SAF, Av. Apolônio Sales e o sepultamento será amanhã, às 10h, no cemitério Padre Lourenço, bairro Centenário.

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.