• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Política

26.02.2018 | 19:49

 Compartilhe:

Prefeitura responde a denúncia de vereador sobre ausência de médico no plantão do HMPA

VEJA NOTA DE ESCLARECIMENTO DA PREFEITURA

Antônio Galdino, com informações da Ascom PMPA

 Prefeitura responde a denúncia de vereador sobre ausência de médico no plantão do HMPA.

Foto: Antonio Galdino
Vereador Mário Galinho, na tribuna da CMPA

Vereador Mário Galinho, na tribuna da CMPA

 Todos os 15 vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso compareceram à sessão ordinária realizada na segunda-feira, dia 26 de Fevereiro, prestigiada por grande público.

Foto: Antonio Galdino
Público lotou galerias da CMPA na sessão de 26/02/2018

Público lotou galerias da CMPA na sessão de 26/02/2018

Entre os que estiveram nas galerias da CMPA, muitos reclamavam da taxa de esgoto de 80% cobrada pela Embasa e motivo de acalorados debates, protestos e passeatas pelas ruas de Paulo Afonso.

Sobre o assunto, o vereador Macário informou que “existe um abaixo assinado de mais de 14 mil assinaturas questionando essa cobrança que foi uma das bandeiras de luta do ex-vereador Antônio Alexandre, de saudosa memória, mas o assunto não está morto. Estaremos retomando essa luta, em memória ao trabalho do nosso colega que nos deixou há pouco tempo.”

 Na sessão, o vereador Mário Galinho utilizou da tribuna para falar de uma denúncia que ele fez, em vídeo postado nas redes sociais, sobre a ausência de médico plantonista no Hospital Municipal de Paulo Afonso.

 O Vereador Leco, líder da bancada do governo na Câmara disse que viu o vídeo e que estaria buscando junto ao Secretário de Saúde Ivaldo Júnior e ao Prefeito Luiz de Deus, informações sobre o assunto.

Já no início da tarde a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Paulo Afonso, expediu uma “Nota de Esclarecimento” sobre o assunto onde apresenta o trabalho realizado pela Prefeitura na área de saúde neste município.
Veja a Nota de Esclarecimento da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso.

divulgação - ASCOM PMPA

 NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura de Paulo Afonso vem a público esclarecer a “denúncia” sobre a falta de médico plantonista no Hospital Municipal (HMPA), localizado no Bairro Tancredo Neves. O fato, que ocorreu de maneira isolada, se distancia da forma que foi repassado, tendo em vista que na unidade hospitalar não há registro dessa prática, sendo o HMPA uma referência no atendimento da população de Paulo Afonso, especialmente do Bairro Tancredo Neves, como da região. Na data mencionada, estavam presentes no hospital os médicos Iara Zuleica e Esaú Cardoso, prestando o atendimento necessário aos pacientes.

divulgação - ASCOM PMPA

A gestão ressalta ainda o atendimento realizado no Hospital Municipal de Paulo Afonso, que oferece diariamente uma equipe capacitada por médicos e profissionais da saúde, somando 220 colaboradores, que realizam cerca de 23 mil procedimentos mensais, entre consultas, exames clínicos, cirurgias, exames laboratoriais e outros.

A gestão municipal tem orgulho do serviço de saúde ofertado, sendo modelo em toda a região, com 110 médicos atendendo em sua rede, com 21 especialidades, sendo elas – angiologia, cardiologia, cirurgia geral, dermatologia, endocrinologia, gastro-hepatologia, gastroenterologia, geriatria, ginecologia,infectologia,mastologia,nefrologia,neurologia,obstetrícia, oftalmologia, ortopedia, otorrino, pediatria, psiquiatria, reumatologia e urologia.

Essa referência no atendimento tem dado ao município o respaldo para celebrar novos convênios que vão melhorar consideravelmente a vida da população, a exemplo da UTI que será implantada pelo Governo Estadual no HMPA. A escolha do hospital pela equipe do Estado comprova a eficiência e a qualidade do seu atendimento.

A Prefeitura entende que a fiscalização da sociedade é importante ferramenta para que se possa prestar um serviço de excelência, porém o sensacionalismo político não ė o caminho para a eficiência.
As pontuações dessa natureza podem ser realizadas através da Ouvidoria da Saúde, por meio do telefone (75) 3282-5140 ramal 235, ou da Ouvidoria Geral, no telefone (75) 3281- 4470 ou 3281-4451.

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.