• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Cultura & Arte

18.11.2018 | 15:44

 Compartilhe:

Escola de Arte da SME dá um show na III Bienal do Livro e homenageia a ALPA

Tarde de 13 de Novembro de 2018, Memorial Chesf Paulo Afonso

Antônio Galdino, com informações de Edson Barreto

Escola de Arte da Secretaria Municipal de Educação dá um show na III Bienal do Livro e homenageia a Academia de Letras de Paulo Afonso

foto: Antônio Galdino
Carolina Alexandre e Leandro Medeiros na peça em homenagem à ALPA

Carolina Alexandre e Leandro Medeiros na peça em homenagem à ALPA

fotos Negrito
Professor Silva (no microfone) e membros da ALPA

Professor Silva (no microfone) e membros da ALPA

 O professor Severino Alves de Oliveira Lima, conhecido como Professor Silva, foi, durante muitos anos exímio professor de Matemática do Ginásio e Colégio Paulo Afonso – COLEPA, mantido pela Chesf, empresa de que foi Administrador Regional, o maior cargo da hidrelétrica na região.
Na Prefeitura de Paulo Afonso, já atuou em outras áreas como Planejamento mas é na Secretaria de Educação que o professor parece estar realizando o grande sonho de todo educador: ver brotarem os talentos nas escolas.

 A bagagem trazida pelo professor Silva de suas origens, filho que é do primeiro e grande maestro da Banda de Música da Chesf, Sebastião Gonçalves, fez com que nascesse a Escola Municipal de Arte Educação que tem descoberto muitos talentos em várias modalidades da arte.

foto: Antônio Galdino
Concerto de flauta e violões por alunos da Escola de Arte Educação da SME

Concerto de flauta e violões por alunos da Escola de Arte Educação da SME

foto: Antônio Galdino
Tâmara Multi (ao centro), Diretora da Escola de Arte Educação da SME

Tâmara Multi (ao centro), Diretora da Escola de Arte Educação da SME

 Professor Silva descobriu em um depósito da Secretaria de Educação quase 20 violões novinhos e eles hoje estão nas mãos de alunos das escolas da rede municipal promovendo espetáculos – uma orquestra de violões – em eventos da cidade.

Aproveitando a formação acadêmica de Dolores Moreira, diretora de teatro formada pela UFBA e a direção da Professora Tâmara Multi e os talentos de outros professores desta Secretaria Municipal de Educação e tomou fôlego a Escola Municipal de Arte Educação.

O Professor Edson José Barreto dos Anjos, membro fundador da ALPA, onde ocupa a Cadeira Nº 4, coordenador, pela ALPA, desta tarde cultural, fala sobre esta Escola de Arte:

foto: Antônio Galdino
Carolina Alexandre e Leandro Medeiros na peça em homenagem à ALPA

Carolina Alexandre e Leandro Medeiros na peça em homenagem à ALPA

foto: Antônio Galdino
Nicole Shérida Silva Santana, aluna da 8ª série, turma B, Escola Casa da Criança 3.

Nicole Shérida Silva Santana, aluna da 8ª série, turma B, Escola Casa da Criança 3.

 “A Escola Municipal de Arte Educação, sob a direção de Tâmara Multi e a coordenação de Dolores Moreira, atende 300 alunos da rede Municipal de Ensino, nas mais diversas linguagens, como: Canto Coral, Violão (Clássico e Popular), Teclado, Leitura e Literatura, Artes Plásticas, Cinema e Vídeo, Artesanato, Iniciação Artística, Percussão, Sopro e Dança Clássica e Popular. No plano de ação, além das experimentações artísticas dos alunos no ambiente escolar e comunitário.

Os cursos são finalizados com o resultado no Projeto Multiartes, que acontecerá em novembro, mês da música, a cada ano, atividade inserida no calendário escolar do município.”

Quando da realização da III Bienal do Livro pela Academia de Letras de Paulo Afonso, esta Escola de Arte mostrou uma síntese do elevado nível dos seus talentos em um show inesquecível, com música, dança, teatro, exposição de telas e fez uma homenagem marcante a esta Academia de Letras.

Era mais um momento de uma parceria que promete ainda muitos encontros culturais.
Esse primeiro Sarau Literário da Rede Municipal de Ensino de Paulo Afonso trouxe como tema “Nas trilhas da Literatura dos 60 anos do Município de Paulo Afonso” e marcou também o encerramento das ações do Pacto/PNAIC 2018.

fotos Negrito
Izael de Jesus

Izael de Jesus

foto: Antônio Galdino
Rogério Xavier criador e apresentador do Chá de Poesia

Rogério Xavier criador e apresentador do Chá de Poesia

 Durante quase três horas, na tarde do dia 13 de Novembro, o auditório lotado do Memorial Chesf de Paulo Afonso, com o público formado por professores e diretores da Rede Municipal, muitos vindos das 32 Escolas da área rural do município, aplaudiu, com grande entusiasmo, os multitalentos que ali se apresentaram.

Izael de Jesus, da Escola de Arte e Educação, como sempre, encantou a todos com sua voz e seu violão.
Rogério Xavier, que desde o início do ano vem realizando o projeto Chá de Poesia, no Espaço Cultural Raso da Catarina, sempre às quintas-feiras, às 18 horas, mostrou outro dos seus talentos: tocou e cantou músicas de sua autoria, criadas quando viveu na Amazônia.

fotos Negrito
Socorro Mendonça e membros da ALPA

Socorro Mendonça e membros da ALPA

fotos Negrito
Edson Mendes, da ALPA

Edson Mendes, da ALPA

 Um concerto de Flautas e Violão, sob a direção dos instrutores da Escola de Arte Williames da Silva – violão e Alexandre Correia, flauta e metais, foi realizado por alunos das escolas da Rede Municipal de Ensino: Rivadalva de Carvalho, Georgina Gomes, Manoel de Almeida, Manoel Nascimento Neto e Raimundo Toledo.

Depois desta apresentação primorosa que arrancou demorados aplausos, o show continuou com a apresentação do Cordel “O guerreiro mediador” por Nicole Shérida Silva Santana, aluna da 8ª série, turma B, Escola Casa da Criança 3.

fotos Negrito
Membros da ALPA e da Secretaria Municipal de Educação

Membros da ALPA e da Secretaria Municipal de Educação

60 anos de Literatura em Paulo Afonso 

Todos então, os membros da Academia de Letras de Paulo Afonso especialmente, ficaram emocionados pelo belo espetáculo teatral, construído para esse momento por Dolores Moreira e sua equipe e apresentada de forma brilhante pelos atores Carolina Alexandre e Leandro Medeiros. A peça teatral: 60 anos de Literatura em Paulo Afonso contou a história de Paulo Afonso através dos livros de autores da ALPA.

fotos Negrito
Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

O Professor Edson Barreto fez uma homenagem póstuma da Secretaria Municipal de Educação à professora Maria José, falecida recentemente e apresentou o poema Pacto de Esperanças”.

fotos Negrito
Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

 O Professor Silva teceu muitos elogios e “agradecimentos à ALPA pelo trabalho que vem fazendo, principalmente no incentivo à leitura, o que acontece periodicamente com a visita de escritores às escolas do município e por esta privilegiada oportunidade de mostrar os nossos talentos, que são muitos, na rede Municipal de Ensino de Paulo Afonso e conclamo a todos os diretores que encaminhassem os jovens talentos de suas unidades escolares para a Escola de Arte Educação, onde os nossos educadores poderão aperfeiçoá-los em suas aptidões”.

fotos Negrito
Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Em nome da Academia de Letras de Paulo Afonso, o seu presidente, Professor Antônio Galdino da Silva falou da “satisfação de receber este belíssimo espetáculo, que mostrou tantos talentos. Foi brilhante e estimulador, como têm sido as ações da Secretaria Municipal de Educação de Paulo Afonso na gestão do renomado Professor Silva.

fotos Negrito
Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

 A gratidão dos que fazem esta instituição cultural, a ALPA, a todos desta Secretaria Municipal de Educação pelo riquíssimo espetáculo desta tarde e ficamos grandemente sensibilizados, emocionados mesmo com tudo e de forma muito especial com este belo trabalho de Dolores Moreira, interpretado pelos atores Carolina, sua filha e Leandro Medeiros. Parabéns a todos vocês e muito obrigado. Contem sempre com a gente.”

fotos Negrito
Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Público no Sarau Literário da 3ª Bienal do Livro de Paulo Afonso

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.


Table has no partition for value 1544839286